Secretaria de Saúde realiza capacitação para os profissionais da Atenção Básica

Secretaria de Saúde realiza capacitação para os profissionais da Atenção Básica

Escolhido entre os 29 municípios prioritários da PB, a Secretaria de Saúde Municipal, em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado, através da  equipe técnica da SES, Núcleo de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids), promoveram nesta terça-feira (31), e quarta-feira (01), na Escola de Enfermagem Cristo Rei, uma capacitação sobre o combate a sífilis, direcionada para profissionais da Atenção Básica do Município, médicos, enfermeiros e dentistas, sob a orientação da equipe técnica da SES, Joanna Ramalho e Otávio Pinho.

A abertura do evento contou com a presença do Prefeito, Dr. Lúcio,  da Secretária de Saúde Municipal, Soraya Galdino, profissionais da Atenção Básica,  coordenadores, e o público alvo da capacitação.
O mês de outubro é comemorado o enfrentamento à sífilis no país, Itabaiana foi escolhida por ser um município prioritário na Paraíba. “O objetivo da capacitação foi justamente orientar os profissionais, em como informar, sobre a doença, e ainda tratar e prevenir”, declarou Joanna Ramalho, técnica estadual do núcleo.
No decorrer da terça-feira (31), foi  realizada oficina de atualização do protocolo clínico das ISTs, com um total de 35 profissionais envolvidos, pertencentes as dez Unidades de Saúde que faz parte da Atenção Básica do Município, porta de entrada para o SUS.
Na quarta-feira (01), a ação foi estendida para a Políclinica Dr. Aglair da Silva, com a oferta de testes rápidos, além da distribuição de panfletos informativos, para à população de Itabaiana.
Para a Secretária de Saúde, Soraya Galdino, eventos pontuais como este, é de grande importância na orientação e combate as DSTs.”O evento foi de grande importância para o município, esse tipo de orientação deve fazer parte do dia a dia, para quem trabalha com saúde pública”, pontuou a Secretária.
O evento foi encerrado com uma palestra sobre a sífilis, com todos os profissionais de saúde envolvidos, inclusive os agentes comunitários de saúde, para que eles possam identificar os possíveis infectados, tomando medidas cabíveis necessárias, inclusive um olhar mais pontual com as gestantes. Uma apresentação teatral com a ONG Associação das Prostitutas (Apros), encerrou as atividades da capacitação.
#DesejoDeRenascer
#RazãoDeProsperar

Comentários com o Facebook