Itabaiana inicia vacinação contra Covid e lança mão de estratégia para evitar aglomeração nesta 1ª fase

Itabaiana inicia vacinação contra Covid e lança mão de estratégia para evitar aglomeração nesta 1ª fase

A Prefeitura de Itabaiana abriu a campanha de vacinação contra a Covid nesta terça-feira (19) à tarde na Policlínica Municipal, onde funciona o Centro-Covid, com a imunização dos profissionais de saúde que estão em atividade e idosos do Lar Vovó Olívia. Para o município foram destinadas 308 doses. A transmissão foi feita na página do Facebook e Instagram. As primeiras pessoas a serem imunizadas pela enfermeira Yasmin Silvania que aplicou as doses nas enfermeiras Isabela Paloma e Edilene Maria.

Elas foram profissionais que logo no início da pandemia, aceitaram fazer os testes na população, permanecendo na função com profissionalismo. Durante todos estes meses elas tomaram os cuidados necessários realizando a testagem sem serem contaminadas e ficaram bastante emocionadas durante a imunização.

Nesta primeira fase os grupos que receberão os profissionais de Saúde que atuam no Hospital Regional de Itabaiana, no SAMU, no Centro Covid e PSFs, além dos idosos do Lar Vovó Olívia, que são os chamados idosos institucionalizados. A medida que a chegada das novas doses forem sendo enviadas pelo Ministério da Saúde, o município dará andamento à imunização e continuará seguindo o cronograma do Plano Nacional de Imunização.

Após a vacinação, as 308 pessoas vão aguardar três semanas para receber a segunda dose da imunização. Para evitar aglomeração as vacinadoras irão até os profissionais de saúde, realizando a imunização no local onde elas tiverem.

O prefeito Dr Lúcio Flávio agradeceu a todos os profissionais de saúde que vem atuando com empenho e pediu para a população manter as medidas de prevenção. “Este foi um dia muito esperado por nós porque a vacina veio dar um alento porque até hoje não há nenhum tratamento realmente eficaz, mas apenas paliativos e a vacina é o caminho, não adianta discutir a eficácia da vacina porque ela foi liberada pela Anvisa que é um órgão sério. No contexto estadual, nosso município registrou um número de óbito menor em função do trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde, mas ainda temos uma jornada longa para percorrer e aproveito para pedir à população para manter as medidas sanitárias com o distanciamento social, álcool em gel e máscara.

Em sua fala, a gestora de Saúde, Soraya Galdino, que amanheceu o dia na Secretaria do Estado da Saúde para buscar as doses, reforçou a gratidão aos profissionais de saúde. “Fomos o primeiro município do Estado a abrir um Centro-Covid e com recursos próprios, incluindo o atendimento de psicólogo para atender as pessoas que tiveram diagnóstico positivo. Tenho orgulho de dizer que nenhum profissional se furtou a lutar e foram firmes e fortes. Então hoje com a chegada da vacina é uma esperança. Estou emocionada e viva o SUS, viva o Butantan e viva à saúde”.

Comentários com o Facebook